Roma e suas eternas atrações: Fontana di Trevi

Tempo de leitura: 2 minutos

Atração icônica de Roma, a Fontana di Trevi, localizada na Piazza que leva o mesmo nome, é considerada a maior e a mais famosa fonte da Itália, liderando ainda, o ranking das fontes mais fotografadas do mundo.

Fontana-di-Trevi_Jean-PonchiroliProjetada pelo arquiteto italiano Nicola Salvi, a Fontana di Trevi foi inaugurada em 1762 e sinaliza o ponto final de um aqueduto (Acqua Vergine) construído em 19 a.C. por Marco Vespasiano Agrippa. Com o projeto e consequente construção deste aqueduto, Agrippa fez chegar água corrente a Roma, cujo abastecimento da cidade durou mais de 400 anos.

Um pouco de história… Em 1453, o então Papa Nicolau V ordenou que fosse consertado o aqueduto de Acqua Vergine, instalando uma simples fonte para receber a água. Em 1629, o insatisfeito Papa Urbano VIII encomenda a Bernini alguns desenhos para uma nova fonte, agora mais dramática e imponente, porém, com a morte do Papa, os projetos foram suspensos. Futuramente, com disputas acirradas entre arquitetos e artistas, influenciados tanto pelo estilo Renascentista, quanto pelo Barroco, só apenas quando o Papa Clemente XII toma o poder é que Nicola Salvi é eleito para executar o projeto, em 1730.

Fontana-di-Trevi_Jean-Ponchiroli_2Voltando… O tema principal da Fontana di Trevi é o mar e a composição é riquíssima em detalhes. Netuno, personagem principal da obra, navega em sua carruagem em forma de concha e esta é puxada por dois cavalos marinhos guiados por tritões, deuses mitológicos. A fonte está instalada atrás de um prédio cuja fachada barroca ostenta quatro grande colunas  e sobre estas colunas, quatro estátuas que simbolizam respectivamente a “Abundância das frutas“, “Fertilidade dos campos“, “Riqueza do outono” e  “Delicadeza dos jardins“.  (Foto abaixo)

Fontana-di-Trevi_Jean-Ponchiroli_3Vale muitíssimo a pena parar em um dos cafés ou sorveterias instalados ao redor da fonte e observar o dinamismo e a energia que transita por este lugar. Claro que dependendo da hora, você mal consegue chegar até a fonte, mas a confusão de turistas, idiomas e vendedores ambulantes vale a experiência.

IMG_0351Dica de Ouro: Diz a lenda que quando você visita a Fontana di Trevi pela primeira vez, deve portar consigo duas moedas. Dirigindo-se até a borda da fonte, de costas, deve arremessar uma moeda de cada vez sobre o ombro, sendo que na segunda você faz um pedido. O significado? Bom, a primeira moeda significa que você obrigatoriamente voltará a Roma e a outra moeda significa que seu desejo será realizado. Eu já joguei as minhas moedas, e você?!

Fontana-di-trevi_Guia-da-ItáliaComo  encontrar: Piazza di Trevi, entre a Via della Stamperia e Via Poli

3 Comentários


    1. Maria José,
      Obrigado pela sua visita. A razão de ser do Guia da Itália é justamente esse, orientá-los da melhor forma possível.
      Volte sempre!

      Responder

  1. Linda proposta. Estou viajando à Itália e achei ótimo suas dicas. Agradeço.

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.